13.7.08

E um, dois, três, quatro!

“É um menino tão sabido, doutor, ele quer modificar o mundo
Esse tal de Roque Enrow, Roque Enrow
Roquem é ele? Quem é ele? Esse tal de Roque Enrow?
Uma mosca, um mistério, uma moda que passou?
Um planeta, um deserto, uma bomba que estourou?
Ele, quem é ele? Isso ninguém nunca falou...”
(Esse tal de Roque Enrow – Rita Lee)


Quem sopra velinhas hoje é o bom e velho Rock n’ Roll! Por conta do barulho, a monaLou não poderia deixar passar em branco uma data "so fuck special!" (Creed- Radiohead). Como o foco aqui no blog é moda, não fica difícil apostar no assunto da vez: Vivienne Westwood. Foi a Lady* Vivienne quem celebrou o casamento entre a moda e o rock, criando o estilo peculiar do movimento punk. Casada com o produtor dos Sex Pistols, a Lady vestia os componentes da banda com um “ar” de marginalização, irreverência, excentricidade e rebeldia. Desse casamento vieram os subgrupos do “rock-moda” que até hoje são identificados: os grunges, os metaleiros, emos e muitos outros... e com certeza ela não tinha idéia do rumo que este acontecimento estético tomaria...
E mais, Vivienne inseriu a moda inglesa no circuito internacional criando coleções que sempre tiveram muitos exageros, num mix de cortes dos séculos XVII e XVIII, em tecidos puídos e cores intensas... o resultado é: moda-rock-atitude! Antenada com os acontecimentos no mundo, criou camisetas com frases inusitadas do tipo: "Eu não sou terrorista, por favor, não me mate", feita em edição limitada em 2006, protestando contra as duvidosas leis anti-terroristas adotadas pelo governo inglês.
Já nas terras tupiniquins, a estilista também fez seu manifesto! Junto com a Melissa, criou um modelito para o inverno 2008 com seu nome. São sandálias de cores vibrantes e estilo forte que fazem sucesso nos pés das mais estilosas.
Enfim, no dia mundial do rock esta estilista rebelde faz parte do mundo da música e da moda, marcando um antes-e-depois na história de ambos (quer mais atitude do que isso?) e por conta da data não dá pra deixar a Lady de fora...
Então "aumenta que isso aí é rock n' roll" (Celso Blues Boy), porque "o pulso ainda pulsa!" (Arnaldo Antunes). Blaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa...



* "Panic on the streets of London" : não é que aos 64 anos ela ganhou o tíitulo de Lady da Rainha Elizabeth II da Inglaterra!!! ... "Could life ever be sane again?" (The Smiths), rs!
estilo punk...


estilo Vivienne Westwood!

Um comentário:

..monaLou disse...

ô gelsita, este post é seu!